10 de Fevereiro, 2021

NATURA MUSICAL LANÇA PODCAST – EMICIDA E GIL ESTÃO NO PROJETO

Gil, Emicida e Ailton Krenak são os personagens do episódio de estreia; já a Natura & Co celebra oficialização de ser a maior B Company do mundo

Os podcasts têm conquistado cada vez mais espaço no mercado e na vida das pessoas, assim, fazia todo sentido que um ativo cultural tão ligado aos sons e à música, como o programa Natura Musical, entrasse nesse universo. E isso está acontecendo agora, com o lançamento do podcast Nos Encontramos na Música, nova frente de conteúdo proprietário da plataforma de cultura da Natura.

A série tem apresentação de Sarah Oliveira e, segundo a Natural Musical, trará convidados para explorarem temas como “diversidade, ancestralidade, empoderamento e comunidade”, além de discutir o papel da cultura “na construção de um mundo bonito, sustentável, igualitário e inclusivo”.

Os conteúdos são produzidos pela Virtue e os participantes do primeiro episódio – “Música, cultura e o mundo que queremos”, gravado de forma remota, por conta do isolamento social recomendado durante a pandemia – são Gilberto Gil, Emicida e o professor, escritor, ambientalista e ativista da causa indígena Ailton Krenak. Os ouvintes poderão encontra-lo nas plataformas Spotify, Google Podcasts, Apple Podcasts, Castbox, Deezer, Amazon Music e YouTube.

Os próximos de um total de cinco episódios na primeira temporada terão participação de Linn da Quebrada, Bia Ferreira, Karla Martins e Juçara Marçal, discutindo ancestralidade, transformação social a partir da música e diversidade cultural, e serão lançados quinzenalmente, sempre às quintas-feiras.

Também nesta quinta-feira, 28, a Natura & Co divulgou a oficialização, após um grande processo de auditoria, do fato de que se tornou, com as aquisições feitas nos últimos anos, a maior Empresa B do mundo. O selo é concedido pelo B Lab, organização sem fins lucrativos que reúne empresas que, por meio de seus produtos, práticas e governança, geram desenvolvimento socioambiental e econômico, ou seja, conciliam lucro e propósito. Natura, The Body Shop e Aesop já são certificadas e a Avon, aquisição mais recente da Natura &Co, planeja obter a sua certificação até 2025 ou antes.

Para obter a certificação B, as companhias precisam atingir, no mínimo, 80 pontos em uma auditoria extensa, cuja pontuação máxima é 200. A Natura &Co conquistou 110 pontos, desempenho que tende a melhorar ao longo do tempo com as adaptações em curso na Avon.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA NO SEU:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *